Publicado por: marianacarneiro | 17/03/2009

Espaço Di Brincadeira é alternativa de recreação no Iguatemi

Vários shoppings de Salvador oferecem espaços de recreação onde podemos deixar as crianças para resolver coisas, fazer refeições e outras conveniências. Tenho testado alguns deles e vou apontar aqui suas qualidades e também deficiências. Em post anterior (leia aqui) já dei uma geral sobre o Gente Miúda do Espaço Gourmet, no Salvador Shopping . Mas hoje vou falar sobre o Di Brincadeira, um dos mais antigos locais do gênero na cidade e que meu filho frequenta desde que completou três anos. É uma mão na roda na hora do aperto.

dsc06143O Di Brincadeira fica no segundo piso do Shopping Iguatemi e ocupa uma área ampla, onde foram instalados cama elástica, túnel com obstáculos, piscina de bolas, casa de bonecas e um espaço confortável para assistir desenhos (tapete com almofadas no chão). Há também mesa e acessórios para desenhar e a opção de brincadeiras com fantoches. As monitoras são gentis e preparadas e ficam estimulando as crianças nas atividades. Bem diferente de algumas recreações que vejo por aí (e sobre as quais falarei em outros posts).

O lugar aceita apenas crianças desacompanhadas e com idade entre três e 10 anos. O preço é salgado, como em todos os espaços recreativos de shoppings: R$ 18 por uma hora e R$ 14 por meia hora. A cada 30 minutos além da primeira hora são cobrados mais R$ 9. Só é aceito pagamento em dinheiro, nada de cartão de débito ou crédito (isso é um problema).

Os pais ou responsáveis precisam mostrar documento de identidade na entrada e na saída e dizer se as monitoras podem levar a criança ao banheiro (que fica fora do espaço, o que considero um ponto negativo) e se há outras pessoas autorizadas a retirar o pimpolho. Neste último caso, é preciso informar nome e número do documento dessa pessoa.

Se você nunca deixou seu filho sozinho em um espaço como este, minha sugestão é que da primeira vez (ou das primeiras, dependendo do perfil do pequeno) fique por perto, para ter segurança, espiando de vez em quando para ver o que acontece.

dsc06139

Se precisa almoçar ou jantar, uma alternativa interessante que permite ficar fiscalizando ao mesmo tempo é comer no Farid, restaurante árabe que fica no terceiro piso e que tem algumas mesas de onde se pode avistar o Di Brincadeira, que fica bem abaixo. A culinária de lá é ótima, aproveite para conhecer se ainda não foi!  E com a grande vantagem de ficar fora da praça de alimentação e com isso ser uma espécie de óasis de silêncio e tranquilidade em pleno Iguatemi.

Só não vai ser possível almoçar cedo no domingo: o Di Brincadeira só abre as portas neste dia às 14 horas, junto com o horário das lojas. Considero isso uma falha, visto que a praça de alimentação começa a funcionar às 12h no domingo e nós, pais, também precisamos comer!

SERVIÇO

Di Brincadeira – Shopping Iguatemi, segundo piso

Funcionamento: segunda a sábado, das 9h às 22h; domingo, das 14h às 20h.

Idade mínima: 3 anos

*****************************************

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: POST REEDITADO EM JUNHO DE 2010 PARA INCLUIR O QUE SE SEGUE:

A coordenação do diBrincadeira enviou email ao Pequenópolis informando que saiu do Shopping Iguatemi por questões contratuais. Mas a empresa continua com espaços e atividades nos restaurantes Meu Chapa (Stela Maris), Porto Brasil (Pituba e Barra) e Aice Zushi (Pituba), além de realizar eventos e festas infantis.


Responses

  1. Parabéns pelo serviço! O espaço dibrincadeira além dos brinquedos oferecidos realiza atividades variadas na sua programação diária. Realizamos também eventos infantis em escolas e aniversários para tornar a festa mais divertida com oficinas de artes, literária e jardinagem, etc. Obrigada pelos comentários e sugestões.

  2. Oi Mari! Engraçado, não conhecia seu blog (adorei por sinal) e quem me indicou foi uma amiga minha, colega da época do Marista que hoje mora em Brasília. Ela disse que vc é prima de uma amiga dela.
    Ah! levei Clarinha no jornal, mas vc não tava pra conecer.
    Bjs!!!

  3. Querida Ira, que estranhos caminhos trouxeram vc ao Pequenópolis, hein? Já vi várias fotos de Clarinha e há tempos quero te ligar para dizer que ela é linda! Parabéns, super mamãe! Pena que não pude vê-la pessoalmente, mas esse dia há de chegar (rs). Tomara que ela também possa ir aproveitando as dicas quando for crescendo mais! Beijos!

  4. Parabéns pelo blog Mariana. Perfeito! Os pais soteropolitanos precisavam dessas informações em um só lugar. Estou recomendando para várias amigas.
    Sobre o Di Brincadeira concordo que tem um bom serviço e ótima estrutura fisíca, mas acho uma grande limitação não aceitarem crianças com menos de três anos mesmo que acompanhadas. Tenho dois filhos e quando vou com os dois ao Iguatemi, evito passar pela frente do Di Brincadeira, pois é complicado oferecer a um (5 anos) e a outra (2 anos) não, diferente do Gente Miúda do Salvador Shopping.
    Além da questão do banheiro como você comentou bem e da limitação de horário no final de semana, é chato não aceitarem cartões de crédito ou débito.

  5. Tem toda razão, Sheila! Tinha esquecido do detalhe do pagamento, realmente atrapalha não ter cartão lá. Vou incluir a informação no post. Obrigada!

  6. Oi pessoal sou animadora de eventos meu personagem chama Marokinha,mas eu trabalho em parceria com uma amiga cujo nome é Fanikita quero muito levar essas personages ao Shopping Iguatemi como faço.?Afinal esses são personagens infantis muito engraçados!!!!Temos várias brincadeiras pintura no rostinho e varias outras coisinhas q criançada curte.

  7. interessante seu comentário sobre o Espaço di Brincadeira, já que presenciei a cenas lastimáveis. Realmente não posso apoiar sua opinião, pois acho que as monitoras não tem nenhum preparo para lidar com crianças.

  8. o espaço di brincadeira realmente costumava prestar um bom serviço. Estava acostumado a deixar a minha filha lá desde que ela tinha 3 anos (hoje tem 7) e o espaço era muito menor num corredor ao lado de um antigo curso de informatica. Uma consulta ao sistema do estabelecimento indiciu que ela já foi 56 vezes. Acontece que hoje passei um grande dissabor com o espaço, que trocou muitas das atendentes. Pedi a meu cunhado para deixar a minha filha lá enquanto comprava ingressos para irmos ao cinema e qual não foi a minha surpresa ao deparar com a recusa em deixar a minha pimpolha lá pela quinquagésima quinta vez sob o argumento de que ela não poderia ficar sozinha por ser especial. Minha filha tem problemas de fala razão pela qual freqüenta fonoaudiologa, porém o seu comportamento social não sofre qualquer alteração. Impressiona ainda o fato de a atendente dizer o que disse em alto e bom som deixando a minha filha numa tristeza sem fim pedindo para ir embora do shopping e se sentindo discriminada num lugar que já freqüentou por 56 vezes. O triste eh que ainda se recusaram a fornecer o contato do gerente. Era de esperar que tivessem funcionarios mais bem treinados e não o poço de delicadeza que causou trauma em minha carinhosa filinha.

  9. Estou estranhando muito este comportamento vindo do ESPAÇO DIBRINCADEIRA. Costumo levar minha filha lá também desde que ela tinha 3 anos de idade, ( hoje com 9). Minha filha também é ESPECIAL, com problemas na dicção e com uma má formação na perninha. Acho interessante a entarda de um acompanhante pelo falto de ela não conseguir se comunicar direito com as demais pessoas.
    Quanto ao gerente não se encontar no momento, lá existe um livro de ocorrência para vc relatar o ocorrido, e pode ter certeza que no dia seguinte a dona entraria em contato com vc. Gosto da segurança que o ESPAÇO DIBRINCADEIRA ME OFERECE.

  10. Oi, Rafael, q relato mais triste… O que pude fazer para ajudar foi enviar sua mensagem à coordenadora do Espaço, que ficou de apurar o que aconteceu e dar um retorno. Espero que tudo fique esclarecido e que sua pequena fique bem! Um super beijo p ela!

  11. Acho tudo isso muito superficial, todo parque e todo local que frequentamos tem suas regras. O que acho que acontece é que a maioria das pessoas não aceitam as regras e gostam de impor suas próprias. Conheço o espaço dibrincadeira e sei que lá existem profissionais que gostam muito do que fazem, o problema são as pessoas que por tudo criam um bicho de sete cabeças!

  12. Estive no Iguatemi na terça-feira e fiquei surpresa ao não encontrar o Di Brincadeira. Perguntei ao segurança se existia outro espaço para deixar crianças e ele infomrou que não tinha mais nenhum. Tenho certeza que Iguatemi perderá muito com a saíde do Di Brincadeira. Até shoppings menores já oferecem esse importante serviço para as famílias.

  13. Sim, Sheila, tb notei o fechamento do DiBrincadeira no Iguatemi. Fui almoçar lá no dia da Parada Disney e não encontrei o espaço para deixar o pequeno. Ainda não consegui descobrir o que houve, mas dividirei qualquer notícia com vcs. Bjs.

  14. Pessoal, a coordenação do diBrincadeira enviou email ao Pequenópolis informando que saiu do Shopping Iguatemi por questões contratuais. Mas a empresa continua com espaços e atividades nos restaurantes Meu Chapa (Stela Maris), Porto Brasil (Pituba e Barra) e Aice Zushi (Pituba), além de realizar eventos e festas infantis.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: