Publicado por: marianacarneiro | 21/02/2010

De condomínios e falta de praças

São tão poucas as praças decentes para receber crianças em Salvador que os condomínios acabam muitas vezes cumprindo o papel de implantar espaços de convivência e diversão para os pequenos e suas famílias. É assim que os moradores acabam bancando o que os poderes públicos não conseguem.

Ontem mesmo tivemos uma tarde agradabilíssima numa praça de condomínio que dá de 10 a zero em várias públicas que tenho visto por aí. Ela fica situada na entrada do Condomínio Bosque Imperial, no Pau da Lima, onde moram amigos queridos. É toda cercada, arborizada, com muito espaço e vários brinquedos, todos em ótimas condições de conservação. Melhor ainda: há uma sorveteria bem ao lado. Por causa dela, o lugar acaba dando acesso a qualquer pessoa que queira aproveitar para soltar a meninada nos brinquedos.

Meu filho brincou horrores, fez vários novos amigos, escalou árvores (uma descoberta e tanto), se esbaldou no banco de areia e se lambuzou nos picolés e sorvetes. Com tudo isso, gastamos apenas R$ 9 no lanche (três adultos e duas crianças) e tivemos um dia inesquecível, daqueles com cara da infância de quem já virou adulto. Voltaremos mais vezes, é claro. Mas a pergunta que fica é: por que é tão difícil ter essa sensação por aí afora?


Responses

  1. Além de não termos praças decentes para levar nossos filhos, os poucos espaços públicos que existem são inacessíveis por causa da violência. São exemplos o parque da cidade e o de Pituaçu.

  2. Mariana, sempre que divulgo seu trabalho (digo, prazer) blog, sempre acrescento dicas de parques e praças, evitando que crianças fiquem em casa em videogames ou passeando em shopping, pois já acho nossas crianças atuais, extremamente consumistas. Sempre procuro lembrar a um grupo de 28 casais (famílias) amigas, que terminam apenas indo em um mesmo lugar (praça ou parque) e sempre depois comenta as mesmas queixas sobre o lugar. Precisamos estimular e que as pessoas andem por nossa cidade, façam comparações e que exerçam o direito de cidadão de protestar se sentimos falta da limpeza, da segurança e até da falta de educação de alguns, pois reclamam, mas mesmo sabendo da deficiência não levam seu saquinho plástico para recolher o copinho de yogurt ou do suco ades !!

  3. Pois é, Eduardo, se não fazemos a nossa parte cobrando as coisas e zelando pelo bom funcionamento delas, fica muito difícil… Cadê a cidadania dessa gente??

  4. Olá Mariana,

    Na verdade não localizei um espaço para te perguntar sobre o Show da Palavra Cantada em Agosto aqui em Salvador. Realmente será realizado?? Quando e Onde ?? Já divulguei para um monte de gente …

    Beijos

    Candice

  5. Oi, Candice, vou saber da produção mais detalhes sobre a vinda do Palavra Cantada em agosto, e divido a informação aqui, ok? Bjs


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: