Publicado por: marianacarneiro | 08/04/2010

Apontamentos de diversão infantil

Tivemos um problema com nossa listagem de emails, o que provocou falhas no envio de mensagens. Com isso algumas pessoas acabaram sem receber o resumo do fim de semana do Pequenópolis e outras que haviam se cadastrado não puderam ser incluídas na listagem. Informamos que tudo já foi normalizado e pedimos desculpas a todos pela confusão!

Vamos às dicas de cultura e lazer infantil da semana:

ENCONTRO COM LIVROS

Contação de “Pequeno Um”

A Galeria do Livro promove no sábado uma Contação de Histórias com Silvia Teles, do livro “Pequeno 1”, da editora Cosac Naify. Será a partir das 16h. O livro é um clássico do renomado artista gráfico Paul Rand, que aposta no design para crianças.

Resumo da história, conforme texto de apresentação da editora: “Por ser pequeno, magro e sem graça, Pequeno 1 sofre com a falta de amigos. Mas o numerozinho tenta se enturmar. Puxa papo com 2 peras, sem sucesso. O mesmo acontece quando encontra 3 ursos de pelúcia, 4 abelhas, 5 guarda-chuvas, 6 formigas, 7 camundongos, 8 livros de capa dura e 9 peixes. Todos estão muito ocupados, ou já têm amigos suficientes, ou simplesmente fingem não vê-lo. Até que “uma argola vermelho ardente chegou rolando à sua frente”. De repente, uma história onde só havia subtração, vira um caso de adição. Qual será o resultado do encontro da argola com unzinho? Paul Rand criou ilustrações sintéticas e com alto poder comunicativo, que seguem a cadência dos versos rimados de Ann Rand. Acompanhar a saga de Pequeno 1 à procura de amigos é uma forma divertida de as crianças aprenderem a contar, somar e reconhecer os numerais. Além disso, o Patinho Feio dos números evoca a importância da amizade e do companheirismo em detrimento da exclusão e da indiferença. Para filhos únicos e todos que se sentem sozinhos”.

Pequeno 1
Autores: Ann Rand e Paul Rand
Páginas: 36; Ilustrações: 17
R$ 35

Galeria do Livro&Arte

Travessa Bartolomeu de Gusmão, 52, Flat Porto Enseada, Rio Vermelho
Tel. 3354-0605/3353-0051

Contato com escritora e  apresentação teatral

A Biblioteca Infantil Monteiro Lobato completa 60 anos no dia 18 de abril e para marcar a data programou uma série de atividades culturais que começam a ser oferecidas neste fim de semana e vão até o final do mês. Esta é também a data de nascimento do escritor Monteiro Lobato (1882 -1948).

Neste domingo (11), às 11h, será realizado o Projeto Encontro com o Escritor, tendo como convidada a escritora Fabiana Barros, que vai autografar seu livro infantil O Príncipe que Queria Ser Sapo. Fabiana é jornalista, atriz e escritora. Na área infantil, escreveu os roteiros dos musicais A Menina e o Beija-flor e O Menino Azul e a Rosa Falante, entre outros textos para teatro. É autora dos livros Contos & Encontros, As Aventuras de Lolly, A Menina de Cabelos Azulados, Os Permitinhos, O Vôo de Bernardo, Os Tesouros de Kalina 1,2 e 3, O Mundo Mágico de Troglozinho e Os Tesouros de Kalina. O novo livro da escritora, A Menina que Colhia Sorrisos, tem previsão de ser lançado ainda este ano.

Sobre o livro: O Príncipe que Queria ser Sapo conta a história de Guilherme, um príncipe que vivia num lugar lindo, um palácio com muitos brinquedos e com uma floresta maravilhosa e enorme que ficava no quintal. Um dia encontrou um livro encantado no seu guarda roupa, e ao ler um pequeno trecho se transformou num sapo verde e saltitante, que foi parar na floresta, onde encontrou uma linda sapinha, Naná, que mostrou as riquezas e belezas do lugar e apresentou todos os bichinhos. Assim, o principezinho encontrou a felicidade e aprendeu a dar valor ao que é realmente importante na vida: família, amigos e o amor.

No mesmo dia 11, mas às 15h, a biblioteca vai apresentar o espetáculo Do livro à imaginação, o encanto da leitura: várias histórias com o Grupo Viverarte, do Cabula.

Biblioteca Infantil Monteiro Lobato– Praça Almeida Couto, s/n, Nazaré, tel. 3117-1570/1433.

Feira de livros no TCA

No domingo acontece a 3ª edição da Feira do Livro do Vão das Letras,  na área externa do Teatro Castro Alves (TCA), das 9h às 17h. O evento terá a participação de artistas da música e poesia contemporâneas da Bahia, como o poeta Ruy Espinheira Filho, Ana Dumas e o seu Carrinho Multimídia, e os grupos Muito Barulho por Nada e Isto e Aquilo (formado por crianças da Biblioteca Betty Coelho). Mais informações: tel. 3116-6918/6919.

CINDERELA ESTREIA NESTE FIM DE SEMANA

O musical infantil de Goiânia, anunciado aqui em março (clique para ler post), estreia neste fim de semana na Casa do Comércio, onde permanece por três semanas.

SERVIÇO

Cinderela
Cine-Teatro Sesc Casa do Comércio – Avenida Tancredo Neves, 1.109, Caminho das Árvores – Tel. 3273-8543 (bilheteria)

Dias 10, 11, 17, 18, 24 e 25 de abril – aos sábados, sessões às 17h e aos domingos, sessões às 11h e às 17h.
Ingressos:  R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Horários da bilheteria do tatro: das 9h às 12h e das 13h às 17h

* Pagam meia entrada: estudantes, idosos e crianças de até 12 anos
** Formas de pagamento: apenas dinheiro ou cheque
*** Indicação etária: a partir de 3 anos

ESPETÁCULO LÚDICO COM BASE NO CORDEL

As aventuras de um casal que tenta encontrar uma pedra encantada para trazer de volta a felicidade para um reino dominado por um gigante são o mote para A Pedra do Meio-Dia ou Artur e Isadora, espetáculo infantil que traz a história do amor do andarilho Artur e da destemida Isadora. Ela é salva das garras de uma onça traiçoeira pelo valente Artur, que comovido com a sua coragem e encanto, se junta a ela na missão de quebrar o feitiço lançado pelo gigante sobre o seu reino.

A montagem se baseia no romance de cordel de mesmo nome, de autoria de Bráulio Tavares (leia o texto ilustrado aqui).  Vencedora do Prêmio Braskem em 2006, a montagem terá apresentações na sexta, às 15h, e no sábado e domingo às 17h, no Centro Cultural Plataforma (Praça São Brás, 14, Plataforma, tel. 3398-4769). Ingressos: R$ 1.

De 17 de abril a 29 de maio, o espetáculo estará  no Teatro do SESC/SENAC Pelourinho,  aos sábados, às 16hs. Preço: R$ 10 e R$ 5.

EXPOSIÇÃO DE GRAVURAS DE BURLE MARX

Uma dica interessante é levar a meninada para ver a série de gravuras criadas pelo arquiteto e paisagista Roberto Burle Marx, em cartaz na Caixa Cultural Salvador (R. Carlos Gomes, 57, Centro).  A mostra reúne cerca de 80 obras, produzidas nos anos 80 e 90, além de desenhos introdutórios e matrizes. A atuação de Burle Marx como gravador se deu tanto na litografia em cores como na gravura em metal (preto e branco). Em nove anos de atividade gráfica, ele fez obras que traduzem paisagens realistas e composições abstratas.

Dias e horários:  terça a domingo, das 9h às 18h. A entrada é franca e a exposição fica até 18 de abril.


Responses

  1. Fomos ver A Pedra do Meio-Dia em outra temporada e amamos. Alice foi com a amiga Nina e as duas adoraram. A peça é linda! Elas tinham 3 e 4 anos…

  2. Mari,
    O circo Portugal esta com um anuncio de Preço Único: R$ 10,00.
    Bkocas!!!

  3. Soraya entrou aqui para saber pra onde ir domingo e escolheu o programa para a renca: Pedra do meio-dia. No final do texto a surpresa: Plataforma. E aí? Aí que fomos. E acabamos fazendo dois programas. Não podemos negar que a experiência foi punk. Saímos de uma cidade para outra, No caminho, precisei avançar um sinal vermelho na Calçada para evitar uma pedrada de dois moradores de rua que brigavam, cada um de um lado do carro. Na subida da suburbana, o cenário de Alagados é fantástico. Informa daqui informa dali e chegamos na rua estreita que leva ao largo do teatro. Outra vez, lá de cima, o cenário da baía é deslumbrante. No largo uma antiga igreja, muvuca de fim de semana e um carro trio eletrico mais alto que um trio elétrico distribuía milhões de decibéis de pagode. Na porta do teatro uma fila de crianças se apertava para esperar a abertura do teatro, que é feita somente 10 minutos antes do espetáculo (????). 20 minutos de agonia, mas finalmente entramos. Interessante notar a quase ausência de adultos. Diferentemente da classe média, que vai com mamãe e papai, a garotada do subúrbio compareceu em massa, sem pais. Canhotos dos ingressos (foi de graça) arremessados pra lá e pra cá antes do começo da peça, aplausos e algazarra a cada aviso da sirene de começo do espetáculo. Certa dispersão no meio da peça, muitos aplausos no final e empurra-empurra na saída. Mas valeu. Foi um bom espetáculo, um espetáculo de qualidade e uma experiência bacana para a garotada do subúrbio. E pra gente também.

  4. Eu e outras mães acompanhamos nossas filhas num projeto “Escola no teatro” envolvendo a escola dela e mais umas duas ou três da cidade, na tarde de ontem, para assistirmos a peça Cinderela. Foi muito divertido!. A despeito de um certo atraso para entrarmos na sala (que só foi liberada uns 5 min antes da peça) o que deixou a galerinha bem agitada (eram muuuuuuuuuitas crianças!!! e já estavam todos excitadíssimos, claro), julguei o serviço razoavelmente organizado e tornou o evento exequível. A peça é divertida, com uma iluminação que animou bastante os pequenos; apesar da produção não ser nada muito marcante, a personagem da Madrasta foi bem legal, o uso de algumas músicas do filme geraram identificação,achei o resultado bastante positivo. Além disso, adoro quando as escolas têm essa iniciativa, temos de lembrar sempre aos pequenos que “teatro também é cultura”, parafreseando o slogan da campanha.

  5. Só para complementar, minha filha tem 4 anos e se entreteve bastante. Há muitos números musicais, a iluminação é bem bonita e a história é muito parecida com a versão da Disney, o que facilita a identificação dos pequeninos que já assistiram ao filme. Valeu a pena!

  6. Levei Malu na exposição de Burle Marx e aproveitamos que no mesmo lugar(Caixa Cultural) está tendo a exposição de Murilo.
    Ambas surpreendentes!! Murilo nós somos fãs das sus pinturas e Burle Marx…que artista!! agente ficou encantado com um outro lado do artista que não conhecíamos.Impressionante que até o fnal de sua vida ele não parou de querer aprender!! Essa exposição é a prova disso!! Malu se inspirou tanto que fez um desenho maravilhoso!!

    bjs

    Vale a pena conferir!!!

  7. Que legal, Milena e Malu! Vejo q vcs fazem ótimos programas juntas, sempre! Bjs nas duas!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: