Publicado por: marianacarneiro | 16/05/2011

Semana de Museus tem atividades que interessam à garotada

Museus deveriam ser lugares obrigatórios para crianças. Mas apesar da grande importância que eles têm para a formação cultural dos pequenos, muitos pais não se sensibilizam a frequentar estes locais, incentivando desde cedo o hábito de valorizar manifestações artísticas.

Uma boa oportunidade para embarcar nas aventuras fantásticas proporcionadas por estes espaços é conferir as atrações da 9ª edição da Semana de Museus, que começou hoje e estende até o dia 23 de maio, em Salvador. Exposições, palestras, documentários, seminários, oficinas, espetáculos teatrais, shows e atividades educativas estarão na programação de 27 museus.

Aqui no blog vou divulgando algumas programações que podem interessar ao público mirim.

O Museu de Arte da Bahia (MAB), por exemplo, promove a oficina Borboletas ao Vento, destinada a crianças de cinco a dez anos, estudantes das redes pública e particular de ensino. Ela será realizada todas as tardes, de terça a sexta-feira (17 a 20 de maio), com turmas de até 35 alunos. É necessário agendamento prévio pelo telefone 3117-6999.

A oficina se inspira na mostra Life Style, do artista plástico israelense David Gerstein, que fica exposta no MAB até 19 de junho. Para ele, as borboletas representam “o elemento da beleza”. Outras imagens também presentes na obra de Gerstein, como as flores e os pássaros, também serão exploradas, ampliando a possibilidade de um resultado bastante criativo e colorido, como a obra do artista. Passagens da sua vida serão contadas durante a oficina, além da apresentação de um breve resumo sócio-histórico do Estado de Israel.

Durante a 9ª Semana de Museus, o MAB funcionará todos os dias das 10h às 19h. O museu fica localizado no Corredor da Vitória.

+++++++++++++++++

Na quarta-feira (18), para comemorar o Dia Internacional do Museu, será realizada na Praça Municipal a 1° Feira de Museus da Bahia, reunindo produções gráficas do estado, além de catálogos e livros que serão vendidos a preços especiais. Durante toda a semana, o Museu de Arte da Bahia (MAB), o Museu de Arte Moderna (MAM), na Avenida Contorno, e o Palacete das Artes/Rodin, na Graça, também venderão nas suas lojas livros e outros materiais gráficos com preços diferenciados. O ônibus da biblioteca-móvel da Fundação Pedro Calmon será montado na Praça Municipal e vai percorrer alguns outros bairros da cidade, levando equipe de arte-educadores.

Confira a lista dos museus que estarão presentes na feira:

• Museu de Arte da Bahia (MAB)
• Museu de Arte Moderna (MAM)
• Palacete das Artes
• Solar Ferrão
• Museu Evolução da Informática e Tecnologia
• Museu Histórico Municipal
• Museu do Mar e da Capitania
• Casa da Cultura Antonio Lisboa de Morais
• Museu Casa do Sertão
• Museu da Gastronomia Baiana
• Museu de Ciência e Tecnologia da Bahia
• Memorial irmã Dulce
• Museu Nacional de Enfermagem Anna Nery
• Memorial das Baianas
• Museu Carlos Costa Pinto
• Memorial Lindembergue Cardoso
• Memorial Mãe Menininha
• Museu Afro Brasileiro
• Memorial do Beiru
• Museu Arqueológico da Embasa
• Fundação Iraci Gama
• Museu Eugênio Teixeira Leal
• Museu de Arte Sacra da Ufba
• Museu Ilê Ohun Lailai
• Casa de Angola
• Museu Comunitário Mãe Mirinha de Portão
• Memorial da Câmara

+++++++++++++++++


No rastro da Semana de Museus, duas boas novidades surgem para visitação:

1 – O Farol da Barra, que funciona dentro do Forte de Santo Antônio,  será aberto ao público pela primeira vez a partir de 18 de maio. Implantado há quatro séculos (1698), o farol foi o primeiro construído nas Américas. Ao visitar o local, aproveite para apresentar às crianças o Museu Náutico da Bahia, que funciona na mesma edificação. O farol possui uma altura de 22 metros e sua luz pode ser avistada a uma distância de 60 Km. Ali será apresentada a Exposição Luzes da Amazônia Azul, que mostra a importância do mar brasileiro e dos faróis, e porque eles devem ser preservados. É preciso subir uma escada circular de 81 degraus para poder apreciar a vista de 360 graus da capital baiana. A torre também tem um maquinário francês que há 120 anos auxilia a chegada de embarcações à cidade. A visitação será guiada e a subida será feita em grupos de seis pessoas, apenas durante o dia, quando o farol está desligado. A entrada custa R$ 10 (R$ 6 de acesso ao Museu Náutico da Bahia e mais R$ 2 para ver o farol por dentro).

2 – O Palácio Rio Branco retoma o projeto de visitas guiadas (e gratuitas), iniciado em 2010, mas que havia sido interrompido. Qualquer pessoa pode participar, desde que faça agendamento através do endereço eletrônico museologia.fpc@gmail.com, ou pelos telefones 3117-6492 e 3117-6492. O Palácio Rio Branco foi restaurado e reinaugurado em junho do ano passado. O prédio é belíssimo, de fachada eclética, com interior em estilo do período belle époque, sem falar da linda vista para o mar. Nos cômodos pode-se ver pisos em mármore xadrez, escadarias em vidro aramado, tapetes vermelhos, pinturas, símbolos da república em relevo e estátuas que complementam os detalhes internos. O projeto Visitas Guiadas do IPAC funciona com seis monitores treinados por especialistas, estudantes graduandos dos cursos de história, museologia, turismo, arquitetura e artes plásticas. Os dias para visitação vão de terça a sexta-feira, das 10h às 18h, e aos sábados e domingos das 9h às 13h. As visitas acontecem com grupos de até 30 pessoas.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: